18 setembro, 2010

R: "Porca.. Puta.. Vaca.. Cabra! (...) É o que eu penso "

Como foste capaz? Sempre fiz tudo por ti, sempre o melhor por ti.
Quando não te deixaram eu fiz tudo para ires.Quando não te quiseram dar eu falei para que tivesses. Quando não podias eu fiz para poderes. Quando precisavas de espaço pedi que e deixassem só. Quando era momento de ter reprenderem pedi que o fizessem. Quando precisas-te de apoi fiz com que nunca te abandonassem (...)
Fiz tudo isto porque tu eras feliz assim. Fiz porque quando eu quis ir não me deixaram, quando quis ter não me deram, quando quis fazer não tive oportunidade, quando precisei de espaço não me deram, quando precisava de ser repreendida ou mesmo de ser ouvida e apoiada não o fizeram.
Eu sempre fiz tudo e perguntavam-me: "Como consegues? A ti não te deram oportunidade e tu fazes para que ele as possa ter?" e sabes qual era a minha respota? "Sim, eu não tive oportunidade, mas ele é meu irmão! Ele ainda pode ter oportunidade do que eu nao tive e no que eu puder ajudar ele conseguirá o que eu não consegui."
Depois de tudo não deste, nunca valor a nada. És meu irmao, eu nao mercia isto de ti!

4 comentários:

Lauzinha. disse...

força querida *

déborapereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
déborapereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Margarida disse...

esforças-te por quem nao te mereçe :s