02 julho, 2010

Queria escrever-te algo, queria que soubesses o quanto me és importante e o quanto me custa estar assim contigo.
O que dizes estar e acontecer já não vêm de agora, ou pelo menos eu já o tinha sentido antes também. Logo que o ano começou eu sabia que nada mais seria igual. E aos poucos e poucos eu sentia-te cada vez mais distante. Nunca te disse nada. Talvez por medo. Talvez por acreditar (ainda) que tudo voltasse a ser igual…
Mas também era normal, era previsível que isto acontecesse. Quer dizer normal não era mas é que começamos por ficar em escolas separadas e, ainda que mais tarde tenhamos ficado na mesma tudo continuava a ser diferente. E embora mais tarde acabamos por ficar na mesma escola as turmas não eram as mesmas. Tínhamos até horários muito idênticos mas já nada era igual.
Ainda te lembras de como tudo era antes? Eu lembro e se soubesses o quanto eu tenho saudades de tudo. Saudades tuas, saudades nossas. Saudades de ter o meu melhor amigo sempre por perto que me apoiava sempre em tudo*


És muito importante para mim e eu não te quero perder Gémeo (L)



Desculpa-me :'(






1 comentário:

● marianaferreira disse...

a distância "estraga" muita coisa, mas se for uma boa amizade, nunca é levada toda a rasto*
fica sempre algo!
FORÇA nisso Adriana (:

ps: olha o João*